"As coisas encobertas pertencem ao nosso Deus, mas as reveladas nos pertencem a nós e a nossos filhos para sempre, para que observemos todas as palavras desta lei."
Deuteronômio 29:29

Estudos Bíblicos > O Grande Conflito
  1. O Livro que Revela Tudo
  2. Os Símbolos das Profecias
  3. As Colunas da Verdade
  4. A Estratégia do Inimigo
  5. Deus e o Conflito
  6. Jesus e o Conflito
  7. O Espírito Santo e o Conflito
  8. A Palavra de Deus e o Conflito
  9. A Lei e o Conflito
  10. A Restauração da Verdade
  11. O Selo de Deus
  12. O Santuário
  13. O Juízo Final
  14. Os Livros do Juízo
  15. O Fechamento da Porta da Graça
  16. O Segredo da Morte
  17. Decisão
  18. O Fim do Grande Conflito
Pergunta O grande conflito > O LIVRO QUE REVELA TUDO Passagem
1.1 Quem nos ajuda a compreender a Palavra de Deus? Lc.24:45;Ef.1:17-19;2Tm.2:7;
1.2 Deus deseja que compreendamos a Bíblia? Mc.4:11;Dt.29:29;Am.3:7;
1.3 Por que é importante entender as Escrituras Sagradas? 1Co.10:11;
1.4 Para que serve a Bíblia? 2Tm.3:16-17;
1.5 Quem é o personagem principal da Bíblia? Jo.5:39;
1.6 Para quem a Bíblia oferece uma promessa de felicidade? Ap.1:3; Comentário
Pergunta O grande conflito > OS SÍMBOLOS DAS PROFECIAS Passagem
2.1 Em todos os tempos, por meio de quem Deus tem falado? Am.3:7;
2.2 O que ocorre com as pessoas se não há profecia? Pv.29:18;
2.3 Os ensinos da Bíblia são apenas para pessoas muito estudadas? Mt.11:25;
2.4 Por que as pessoas erram? Mt.22:29;
2.5 Qual é o conselho de Jesus para todos nós? Jo.5:39;Jo.8:32
2.6 O que fazer quando não entender a Bíblia? Ap.1:3; Comentário
Pergunta O grande conflito > AS COLUNAS DA VERDADE Passagem
3.1 O que não se encontra na terra? Os.4:1;
3.2 Do que a terra está cheia? Os.4:2;
3.3 Como a falta da verdade deixa a terra? Os.4:3;
3.4 Porque o povo está sendo destruído? Os.4:6; Comentário
Pergunta O grande conflito > A ESTRATÉGIA DO INIMIGO Passagem
4.1 Quantas nações beberam o vinho de Babilônia? Ap.18:3;
4.2 Quem se prostituiu com ela? Ap.18:3;
4.3 Quem se enriqueceu à custa da sua luxuria? Ap.18:3;
4.4 Pelo que as nações foram seduzidas? Ap.18:23; Comentário
Pergunta O grande conflito > DEUS E O CONFLITO Passagem
5.1 Só Deus é digno de ser adorado e o único que pode perdoar os nossos pecados. Descreva como o inimigo usou a Igreja Romana para jogar esta verdade tão importante por terra? Dn.8:12;Ap.17:1-18
5.2 Quem somente tem autoridade para perdoar pecados? 1Jo.1:9;Je.10:10
5.3 Quem somente deve ser adorado? Lc.4:8;At.10:25-26;Ap.22:8-9;
5.4 Qual é a ordem de Deus para o povo que está nas igrejas que não adoram o Deus verdadeiro? Ap.18:4; Comentário
Pergunta O grande conflito > JESUS E O CONFLITO Passagem
6.1 Somente quem pagou o preço pelos nossos pecados e se habilita assim para ser o mediador entre nós e Deus? 1Co.15:3;
6.2 O que Jesus faz com nossos pecados? Mq.7:19;
6.3 Por meio de que, somente, podemos ser justos? Rm.5:1;
6.4 Em quem podemos ter a redenção? Ef.1:7;
6.5 O que Jesus fez para pagar o preço pelos nossos pecados? 1Pe.2:24;
6.6 Como, unicamente, podemos ser salvos do pecado? Ez.18:21;Jo.1:29;At.4:12;
6.7 Que instrução a virgem Maria deu na festa das bodas de Caná em relação a Cristo? Jo.2:5;
6.8 Quem é o nosso representante no céu? Hb.4:14-16;1Tm.2:5;Jo.14:6; Comentário
Pergunta O grande conflito > O ESPÍRITO SANTO E O CONFLITO Passagem
7.1 O Espírito Santo está presente do início até o final da Bíblia? Gn.1:1;Ap.22:17
7.2 Onde o Espírito Santo habita? 1Co.6:19-20;
7.3 Quem foi batizado com o Espírito Santo e nunca falou em línguas? Jo.1:32-34;Lc.3:21-22
7.4 Que características apresentam aqueles que são cheios do Espírito Santo? Gl.5:22-23;
7.5 Qual é o pecado sem perdão? Mt.12:31;
7.6 Que advertência a Bíblia faz aos que rejeitam o Espírito Santo verdadeiro? Ef.4:30;1Ts.5:19 Comentário
Pergunta O grande conflito > A PALAVRA DE DEUS E O CONFLITO Passagem
8.1 Que provisão Deus fez para que Sua palavra pudesse ser preservada? Nm.33:2;Is.30:8;Je.30:2;Ap.1:1;Ap.1:19;
8.2 Jesus mostrou aprovação pelos escritos do Antigo Testamento? Mc.14:49;Lc.24:27;Jo.5:39;
8.3 Os Apóstolos reconheceram o Novo Testamento como parte das Escrituras Sagradas? 2Pe.3:15-16;
8.4 Qual a maior razão para a existência da Bíblia? Jo.20:31;
8.5 Podemos confiar nos ensinamentos da Palavra de Deus? Pv.22:20-21;2Tm.3:16-17
8.6 Há alguma relação entre obediência e compreensão da Palavra de Deus? Sl.119:33-40;Jo.7:17
8.7 Como podemos interpretar corretamente a verdade bíblica? Is.28:10;1Co.2:13-14 Comentário
Pergunta O grande conflito > A LEI E O CONFLITO Passagem
9.1 A quem devemos obedecer? At.5:29;
9.2 Podemos deixar de guardar algum mandamento da Lei de Deus? Tg.2:10;
9.3 A fé pode substituir a Lei? Rm.3:31;
9.4 Até quando duraria a Lei? Sl.111:7-8;Sl.119:89;Sl.119:144;Mt.5:17-18 Comentário
Pergunta O grande conflito > A RESTAURAÇÃO DA VERDADE Passagem
10.1 Como se está restaurando a verdade? Comentário
Pergunta O grande conflito > O SELO DE DEUS Passagem
11.1 Até quando os anjos deveriam segurar os ventos? Ap.7:1-3;
11.2 O que significa receber o selo na fronte? Ap.7:3;
11.3 Que dia é o sétimo dia da semana? Ex.20:10;
11.4 É permitido praticar obras de caridade no dia de sábado? Mt.12:11-12;
11.5 Que advertência encontramos na Palavra de Deus? Is.56:2;Is.56:6
11.6 Para benefício de quem foi dado o sábado? Mc.2:27; Comentário
Pergunta O grande conflito > O SANTUÁRIO Passagem
12.1 No Antigo Testamento, quando a pessoa pecava, como devia proceder para obter o perdão? Lv.4:27-30;
12.2 Quem é o Nosso Sumo Sacerdote nos dias atuais? Hb.8:1-3;Hb.8:6
12.3 Quem é o sacrifício perfeito pelos pecados Hb.9:28;Hb.10:4;Hb.10:12;
12.4 O que Jesus pode fazer por nós? Hb.7:22-27; Comentário
Pergunta O grande conflito > O JUÍZO FINAL Passagem
13.1 Diante de que tribunal todos irão comparecer? 2Co.5:10;
13.2 Quais são as três coisas que devemos na primeira fase do juízo? Ap.14:6-7;
13.3 Quem vai ajudar no julgamento durante a segunda fase do juízo? 1Co.6:2-3;
13.4 De acordo com que lei todos serão julgados? Tg.2:8-12;
13.5 Que diz Jesus ao terminar a obra de purificação (juízo) do santuário celestial? Sf.2:1-3;Ap.22:11
13.6 De acordo com o quê cada um receberá a sentença no juízo final? Mt.16:27;
13.7 Qual é a certeza dos que permanecerem firmes até o fim? Ap.2:10;Ap.3:5 Comentário
Pergunta O grande conflito > OS LIVROS DO JUÍZO Passagem
14.1 Qual o nome do livro mencionado em Apocalipse? Ap.21:27;
14.2 Qual o nome do livro mencionado em Malaquias? Ml.3:16;
14.3 O nome pode ser riscado do livro da vida? Ex.32:33;
14.4 Pelo que seremos julgados e condenados ou absolvidos? Mt.12:36-37;
14.5 Qual a norma do juízo, pela qual todos serão julgados? Tg.1:25;Tg.2:8-12
14.6 Que é feito com os nomes das pessoas justas? Mt.10:32-33;Ap.3:5
14.7 Qual a promessa de libertação para os que estiverem inscritos no livro? Dn.12:1;Ap.22:11-12 Comentário
Pergunta O grande conflito > O FECHAMENTO DA PORTA DA GRAÇA Passagem
15.1 Como é o amor de Deus revelado? Jo.3:16;Jo.15:13
15.2 Como o salmista revela a misericórdia de Deus? Sl.103:8-11;
15.3 Que espécie de pessoas devemos ser ao vermos que o tempo de graça chega ao fim? 2Pe.3:11;
15.4 Quais algumas características do fim do tempo da graça, relatadas na Bíblia? Je.8:20;Am.1:8;Ap.22:11; Comentário
Pergunta O grande conflito > O SEGREDO DA MORTE Passagem
16.1 Deus aprova consultar os mortos? Dt.18:10-11;
16.2 A quem devemos consultar? Is.8:19;Jó.7:8-10
16.3 Que advertência Deus faz quanto a consultar os mortos? 1Tm.4:1;2Co.11:13-15
16.4 Qual é a promessa para os que morrem no Senhor? Fp.3:20-21; Comentário
Pergunta O grande conflito > DECISÃO Passagem
17.1 Qual é a condição bíblica para ser salvo? Jo.3:3;
17.2 Como Jesus foi batizado, deixando-nos assim um exemplo? Jo.3:5;
17.3 O batismo do Eunuco foi por imersão? Mc.1:9-11;
17.4 Que ordem recebeu Paulo depois de se arrepender? At.8:38;
17.5 Qual é o exemplo de conversão dos primeiros cristãos? At.22:16;
17.6 A que divina instituição unem-se os que são batizados? At.2:41-42;At.2:41-42;At.2:47; Comentário
Pergunta O grande conflito > O FIM DO GRANDE CONFLITO Passagem
18.1 O que sabia Jó sobre o Seu redentor? Jó.19:25-27;
18.2 Como o profeta Habacuque descreve a volta de Jesus? Hb.3:3-13;
18.3 Qual foi a promessa feita por Cristo aos seus discípulos? Jo.14:1-3;
18.4 Quem repetiu a promessa aos discípulos? At.1:11;
18.5 Que esperança o apóstolo Paulo expressou aos seus conversos? 1Ts.2:19;
18.6 Como o apóstolo Pedro falou da segunda vinda de Cristo? 2Pe.3:3-4;2Pe.3:10
18.7 O que João revelou no apocalipse sobre a volta de Jesus? Ap.1:7;
18.8 Qual deve ser a oração da igreja de Deus? Ap.22:20; Comentário
Pergunta O grande conflito > Comentários
1.6 “Uma contínua batalha prossegue entre as forças do bem e as forças do mal. Estamos agora no meio ... deste conflito e não podemos ser neutros. Devemos nos posicionar de um lado ou do outro” – Ellen White. Neste grande conflito, o que está em jogo é a vida ou a morte eterna! “Vivemos em um mundo onde o bem e o mal, o certo e o errado lutam pela supremacia. Há apenas dois lados nesse grande conflito espiritual. De que lado estamos? Esta é uma escolha de conseqüências eternas - porque a vida e a morte são, literalmente, eternas” - Clifford Goldstein.

A Bíblia revela tudo que você precisa saber para ser vitorioso no conflito entre o mal e o bem. Jesus veio a este mundo e quando Ele veio, morreu numa cruz para pagar o preço pelo pecado. Assim Cristo venceu a luta entre o mal e o bem. Jesus já é vitorioso. Se você tem Jesus no coração, se você anda com Jesus, então você será vitorioso também. Rm.8:37-39. Amigo, Deus o conhece, Ele sabe das suas lutas, problemas, dificuldades... Sabe o que vai no seu coração. Por isso Ele promete o que se encontra no evangelho de Jo.8:32. “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”. Busque o conhecimento da verdade e Deus vai libertar você, vai transformar a sua vida, vai tornar você um vitorioso e você será a pessoa mais feliz do mundo.

Só há uma maneira de conhecer sobre este conflito e só há um livro que revela tudo que você precisa saber para estar do lado vencedor. Antes de saber tudo vamos conhecer sobre este livro que é o livro dos livros: A Bíblia Sagrada.

A Bíblia é formada por:
66 livros.
39 livros no Antigo Testamento.
27 livros no Novo Testamento.

Foi escrita por 40 pessoas, num período aproximado de 1.600 anos, o autor é Deus e já foi traduzida em mais de 1.500 línguas e dialetos.

Deus usou homens simples, iletrados e também usou homens cultos como advogado, médico e reis que cometeram terríveis pecados, mas que se arrependeram, se converteram e escreveram os livros da Bíblia. Entre eles:
Moisés, Graduado nas faculdades do Egito;
Isaías, Lavrador;
Amós, Boiadeiro;
Pedro, Pescador;
Lucas, Médico;
Paulo, Advogado.

Divisões da Bíblia:

01. História: São livros que narram as mais belas histórias, tais como a criação, a queda do homem, o povo de Israel e as histórias dos heróis de todos os tempos. Esta subdivisão vai do livro de Gênesis ao livro de Ester e inclui o livro de Atos que se encontra no Novo Testamento. Aproximadamente 90% do que se encontra escrito nesses livros entende-se como se lê.

02. Poesia: São livros escritos em linguagem poética. Incluem Jó, Salmos, Provérbios, Eclesiastes e Cantares de Salomão, sendo que 85% desses livros entende-se como se lê.

03. Profecia: São livros escritos em linguagem profética. Começam com Isaías indo até Malaquias, incluindo o livro do Apocalipse no Novo Testamento. Os dois principais livros de profecias são: Daniel e Apocalipse. É interessante notar que dos livros proféticos 95% NÃO entende-se como se lê. Por esta razão, faz-se necessário um estudo mais profundo deles.

04. Evangelhos: São livros que contam tudo sobre a Vida de Jesus e nos mostram o que é preciso para alcançar a salvação eterna. São eles, Mateus, Marcos, Lucas e João. Desses livros, 85 % entende-se como se lê. 15% são parábolas.

05. Cartas: Começam em Romanos e terminam em Judas, sendo que 90% deles entende-se como se lê.

Como Entender Profecias? Para entender as profecias precisamos seguir alguns princípios:
1. A Bíblia explica-se por si mesma.
2. Nenhuma profecia é de particular elucidação.
3. A linguagem dos livros proféticos (Daniel e Apocalipse) é simbólica.

Exemplos de Símbolos:
Ap.13:1 Besta • Mar • 7 Cabeças • 10 Chifres.
Ap.7:14 Anjos • 4 Ventos • 4 Cantos da Terra.
Ap.12:1 Mulher vestida de sol • Lua debaixo dos pés • Coroa de 12 estrelas.

Como conhecer estes símbolos proféticos? Qual a importância das profecias no Grande Conflito entre o Bem e o Mal? A Bíblia o ajudará a encontrar a resposta para estas perguntas e indicará o caminho para a felicidade eterna.
2.6 É muito importante você conhecer a Bíblia Sagrada, mas Satanás não quer que você conheça a Palavra de Deus; ele não quer que você entenda as profecias... Por isso a dificuldade para você estudar a Bíblia. Fazer este curso já é uma vitória para você; já é uma bênção para sua vida espiritual, mas Deus quer revelar muito mais... Ele quer revelar a você o plano da salvação.

À medida que você estudar a Bíblia, a luz da verdade irá iluminar a sua mente, as trevas irão se dissipar, e Deus vai tirar as trevas e trazer luz ao seu coração! Estudando a Bíblia, a verdade vai expulsar o inimigo da sua vida e a luz do evangelho fará de você um vitorioso no conflito entre o mal e o bem. “E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” (Jo.8:32). Jesus vai libertar você......do pecado,...da dúvida,...do medo,...da insegurança,...do mal,...do orgulho,...do vazio interior, e das garras de Satanás.

“A História que o grande EU SOU assinalou em Sua Palavra, unindo-se cada elo aos demais na cadeia profética, desde a eternidade no passado até a eternidade no futuro, diz-nos onde nos achamos hoje, no prosseguimento dos séculos, e o que se poderá esperar no tempo vindouro. Tudo o que a profecia predisse como devendo acontecer, até a presente época, tem-se traçado nas páginas da História, e podemos estar certos de que tudo que ainda há de vir se cumprirá em sua ordem” – Ellen White, Educação, p. 178.

Vamos descobrir a maneira correta de entender as profecias. Como Estudar a Bíblia:

A Palavra de Deus deve ser examinada com muita oração e muito cuidado (Jo.5:39). O profeta Isaías apresenta um princípio que nos ajuda a buscar a interpretação da profecia. Este princípio é: A BÍBLIA INTERPRETA-SE A SI MESMA. “Porque é preceito sobre preceito, preceito e mais preceito; regra sobre regra, regra e mais regra; um pouco aqui, um pouco ali.” (Is.28:10).

As profecias relacionadas com o Grande Conflito entre o mal e o bem são apresentadas em forma simbólica - Os livros de Daniel e Apocalipse - mas podemos compreender plenamente se deixarmos a Bíblia falar por si mesma, se estudarmos o santo livro com o coração aberto à verdade de Deus.

Tabelinha de Conversão:
Animal: Dn.7:17 e Dn.7:23.
Mulher: Ef.5:23 e Ef.5:32.
Um Dia: Ez.4:6-7.
Águas: Ap.17:15.
Ventos: Je.51:1-5.
Chifres: Ap.17:12.
Tempos: Dn.11:13.
Dragão: Ap.12:9.
Cordeiro: Jo.1:29.
Cauda: Is.9:15.
Estrelas: Ap.12:4 e Dn.12:3.
Apocalipse: Ap.1:3.

“Bem-aventurado aquele que lê e aquele que ouve as palavras da profecia e guarda as coisas nela escritas, pois o tempo está próximo.” (Ap.1:3).
3.4 Um dos mais terríveis efeitos do pecado foi a separação entre o ser humano e Deus. “Mas as vossas iniqüidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem Seu rosto de vós, para que vos não ouça” (Is.59:2). Isto levou o homem a se tornar um escravo do pecado, sob a influência do inimigo.

Deus quer que você conheça toda a verdade e seja liberto do pecado e de todos os problemas causados por ele. Você só encontrará libertação se aceitar toda a verdade e se firmar nela. Isso significa entregar o coração a Jesus e permitir que Ele guie a sua vida.

“A verdadeira libertação consiste em conhecer a verdade”. Mas qual é a Verdade? Jeus disse: “Quando vier, porém, o Espírito da verdade, Ele vos guiará a toda a verdade...” Jo.16:13. Hoje em dia as igrejas modernas e as neopentecostais estão prometendo libertação através do ato de ofertas, desafios, revoltas, campanhas, exorcismo e um estilo de culto voltado para shows (o mover do Espírito) e danças (são todos os ritmos mundanos).

Saiba que uma libertação que não venha da verdade é uma falsa libertação. Saiba também que há dois tipos de conhecimento, um é o conhecimento teórico, o outro é o conhecimento prático, que é experimentar, e assim conhecer. Sem a prática da verdade você nunca vai se firmar na verdade e, portanto, nunca será liberto do pecado.

Este é um momento muito solene em sua vida, pois você está diante da verdade que pode libertá-lo do pecado e pode fazê-lo muito feliz. Como Ser Liberto: “E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará.” Jo.8:32.

A maior busca de todas as pessoas é a libertação do pecado e de todos os seus efeitos... A libertação do mal, do sofrimento, das doenças, da injustiça, do medo e do pecado...A Bíblia diz que só a verdade pode nos libertar! Vamos conhecer toda a verdade que poderá nos libertar do pecado:

DEUS - Je.10:10.
• Só Deus é Amor - 1Jo.4:8.
• Só Ele merece Adoração - Lc.4:8.
• Só Ele pode Perdoar - Mc.2:7.

JESUS - Jo.14:6.
• Ele é nosso Mediador - 1Tm.2:5.
• Ele é nosso Advogado - 1Jo.2:1.
• Ele é nosso Salvador - 2Tm.1:10.

ESPÍRITO SANTO - 1Jo.5:6-7.
• Convence do Pecado - Jo.16:7-8.

BÍBLIA - Jo.17:17.
• Santifica - Jo.17:17.
• Ilumina - Sl.119:105.

DEZ MANDAMENTOS - Sl.119:151.
• Amor a Deus - Mt.22:37; Dt.6:5.
• Amor ao Próximo - Mt.22:39; Lv.19:18.

Conhece toda a verdade? Está firme na verdade? Já se batizou? É amigo ou inimigo da verdade? Aquele que não se firma na verdade está na mesma condição de Satanás. Quem é Satanás? Um anjo que era membro da igreja de Deus, e que tinha cargo no céu. Por alguma razão ele não se firmou na verdade. Tornou-se em Diabo, o inimigo de Deus! Hoje há muitos que conhecem a verdade, porém jamais se firmaram nela. São instrumentos de Satanás para afastar outros da verdade (2Co.11:13-15).
• Não seja como o Diabo - Hb.10:26-27.
• Seja como Jesus Cristo - Hb.4:15-16.

Responda rápido: Quando uma pessoa conhece a Deus, Jesus, o Espírito Santo, a Bíblia e os Dez Mandamentos, ela será totalmente liberta? Há alguém que conheceu tudo, toda a verdade e não foi liberto. É satanás, o diabo.

Será que Satanás conheceu “Toda a Verdade”?
• Ele conheceu a Deus, Jesus e o Espírito Santo porque morou lá no céu junto do Deus triúno.
• Ele também conhece a Bíblia. Conhece a Bíblia? Por incrível que pareça, ele conhece.
• Ele conhece também os 10 mandamentos.

Então concluímos que o inimigo conhece “toda a verdade”.
Se ele conhece toda a verdade, por que ele é Diabo?
Por que não é convertido?
Por que não é batizado e liberto, como disse Jesus?
Por que alguém que conheceu toda a verdade, tornou-se o maior e pior inimigo da verdade? “Porque jamais se firmou na verdade” (Jo.8:44).
4.4 Quando a Terra for iluminada com a glória de Deus, ou seja, quando a luz da verdade chegar a todos os sinceros que hoje estão no lugar errado, quando estas pessoas saírem do erro então vai se cumprir a Escritura que diz: “...caiu, caiu, a grande Babilônia.” Ap.18:2.

A Igreja Romana é uma mistura de paganismo, espiritismo e cristianismo. É o vinho prostituí­do que Satanás usa para embriagar e confundir as pessoas. É através deste poder religioso e po­lítico que o diabo pretende alcançar seu obje­tivo e, pior ainda, jogar a verdade por terra. O conselho de Deus é: “...Retirai-vos dela povo meu.” Ap.18:4.

A profecia de Apocalipse 17 (Ap.17:1) nos revela que o Diabo usaria a Igreja Romana e suas “filhas”, as Igrejas que saíram dela, para misturar a verdade com a mentira. Muitas vezes as pessoas aceitam qualquer pre­gação, e na hora do desespero seguem qualquer re­ligião. Tome cuidado! Nem tudo que reluz é ouro e nem todo que diz Senhor, Senhor, entrará no Reino dos Céus. Você precisa seguir o caminho certo. Satanás usa esta estratégia para jogar a verda­de por terra... será que a verdade também não foi lançada por terra no seu coração? Você já passou por algum tipo de engano? Saiba que Satanás quer enganar você, mas em nome de Jesus você não será enganado, porque agora você conhece a verdade, você vai se firmar na verdade e Jesus vai libertá-lo.

O tema de hoje é impressionante! Assim como Deus tem um plano de salvação, Satanás tam­bém tem um plano, só que o plano dele é para destruir o ser humano. Vamos estudar sobre a estratégia do inimigo no grande conflito. O Diabo trabalha de maneira sutil para ten­tar destruí-lo. Ele faz isso por meio de outros instrumentos dando a impressão que não é ele; faz isso exatamente para tentar enganar todas as pessoas. Deus nos ama tanto que revelou na Sua Pa­lavra, a Bíblia, qual é a estratégia do inimigo para não cairmos nas suas ciladas.

Em Dn.8:12 encontramos algo impres­sionante: “...e deitou a verdade por terra; e o que fez, prosperou”. Aqui está a estratégia de Satanás: jogar a verdade por terra. Satanás não pode jogar Deus, Jesus, o Espírito Santo, a Bíblia e os Mandamentos por terra, claro que não, mas em sua estratégia ele tenta por meio de mentira e engano confundir a verdade para que as pessoas se afastem dela. Rm.1:25 revela-nos a maneira como Satanás tentaria jogar a verdade por terra: “Pois eles mudaram a verdade de Deus em mentira, adorando e servindo a criatura em lugar do Criador, o qual é bendito eterna­mente, amém”. Esta é a estratégia, misturar a verdade com a mentira.

Ap.17:3-6 apresenta a estratégia de Satanás por meio dos seguintes símbolos proféticos:
Uma mulher prostituta.
Uma besta escarlate.
7 cabeças e 10 chifres.
Adornada com ouro e jóias.
Tinha um cálice com abominação, imundícia e prostituição.
Seu nome: grande Babilônia.
Mãe das meretrizes e abominações.
Embriagada com o sangue dos san­tos e das testemunhas de Jesus.

O Significado: O Diabo substituiu o culto verdadeiro por uma falsa forma de culto, bem como um ensino enga­noso quanto ao plano da salvação e ao ministério mediador de Cristo no céu; tudo isto por meio de uma igreja juntamente com outras que a profecia chama de filhas desta igreja infiel. Vejamos abaixo os detalhes:

Mulher Prostituta
• Mulher = Igreja: Ef.5:23, Ef.5:32.
• Mulher Prostituta = Igreja Infiel a Cristo

Besta Escarlate
• Besta = Reino Poderoso: Dn.7:23.

7 Cabeças e 10 Chifres
• 7 Cabeças = 7 Colinas de Roma: Ap.17:9.
• 10 Chifres = 10 Reinos (países) da Europa da Idade Média.

Adornada com Ouro e Jóias
• Ouro e Jóias = Corrupção Religiosa: At.8:20.

Abominação, Imundícia, Prostituição
• Abominações = Fugir da Lei: Ap.21:27; Pv.28:9.
• Imundícias = Idolatria: Ez.36:25-28.
• Prostituição = Mudança da verdade em mentira, adorando e servindo a criatura em lugar do Criador: Rm.1:25.

Grande Babilônia
• Babilônia = Salvação por obras e confusão: Gn.11:3-7.

Mãe das Meretrizes e das Abominações
• Meretrizes = Igrejas caídas: Ef.5:23.
• Abominações = Erros espirituais: Pv.28:9.

Embriagada com Sangue dos Santos
Na época da Inquisição, mataram muitos cristãos, derramaram sangue inocente Ap.16:6.
5.4 Hoje Deus está dizendo para você sair do erro e vir para a verdade; sair do caminho errado e vir para o caminho certo. Você deve adorar e confessar os seus pecados somente a Deus, em nome de Jesus; e deve ser um cristão que ame a Deus e também ao próximo. Assim a verdade da Palavra de Deus vai ser res­taurada no seu coração. Você deseja ter a verdade de Deus restaurada no seu coração? Na sua vida? Se este é o desejo do seu coração, então ore agora ao Senhor manifestando este desejo e pedindo que Ele o ajude a ser fiel. Peça para ser fiel à Deus e à Sua Palavra. Peça que o ajude a ser um adorador ver­dadeiro dAquele que fez os céus e a terra, o Senhor Deus todo poderoso.

Satanás sempre quis ser adorado e provocou uma guerra no céu, induzindo uma terça parte dos an­jos a se rebelarem contra Deus. (Ap.12:4) Assim, ele foi expulso do céu, porém, o seu plano ainda continua o mesmo, ele quer ser adorado. Você quer adorar o inimigo? Por incrível que pareça, o inimigo tem muitos ado­radores. O Diabo não pode aparecer e dizer: “Oi, eu sou o Diabo, e vim aqui para impedí-lo de ado­rar a Deus. A partir de agora você vai me adorar”. Se ele fizesse isto, as pessoas sairiam correndo e não adorariam o inimigo. Então ele usa pessoas, organizações, igrejas e outras coisas mais. Ele coloca tudo isto na frente, mas por trás acaba recebendo a “adoração”, ou impedindo as pessoas de adorarem a Deus.

Deus é a Verdade (Je.10:10). Deus é amor; só Ele é o único digno de adoração e também é o único que pode dar o perdão. Veja o sonho de Lúcifer: O inimigo dizia no seu coração: “Eu subirei ao céu, acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono, subirei acima das mais altas nuvens e se­rei semelhante ao Altíssimo” (Is.14:13-14). Quando Satanás foi expulso do céu, trouxe con­sigo a terça parte dos anjos que acreditaram nos seus enganos e na sua mentira. Seu plano de ser como Deus e ser adorado não terminou e ele buscou esta adoração de uma forma indireta.

O Ataque de Satanás:
O inimigo personifica-se, disfarça-se e en­gana. Ele montou um movimento religioso mundial (A Grande Babilônia). Deus nos fala sobre isso no livro do Apoca­lipse. É a mulher prostituta do capítulo 17. A igreja romana está sendo representada por esta mulher (Ap.17:9). Satanás atacou a verdade usando a igreja romana.“Eles mudaram a verdade em men­tira, adorando e servindo a criatura em lu­gar do Criador” Rm.1:25. Aparecerá “...o homem do pecado, o filho da perdição, o qual se opõe e se levanta contra tudo que se chama Deus ou é objeto de culto, a ponto de assentar-se no santuário de Deus, ostentando-se como se fosse o próprio Deus.” (2Ts.2:3-4). Quem seria este homem? As pessoas se curvam diante dos líderes ro­manos, aclamando e reverenciando como se fosse o próprio Deus, e assim a primeira ver­dade foi jogada por terra.

Só Deus é Digno de ser Adorado!
Quando a igreja romana faz isto, ela joga aber­tamente a verdade por terra e o pior é que muitos aceitam, fazendo prosperar o engano e a mentira.

O Apóstolo Pedro
Quando Cornélio se ajoelhou para ado­rá-lo, Pedro disse: Levanta-te que eu também sou homem (At.10:25-26).

O Anjo
Quando o apóstolo João se curvou para adorá-lo, o anjo afirmou: Não faças isso; adora a Deus (Ap.22:8-9).
6.8 Quando a pessoa coloca um santo como me­diador, a verdade sobre Jesus é lançada por terra. Como Satanás não conseguiu vencer Jesus, então ele tenta afastar Jesus da sua vida. Nenhum personagem bíbico, apóstolo, profeta ou mesmo a virgem Maria, nem João, nem Pedro, ninguém pode ser nosso mediador, só Jesus. Satanás quer esconder a verdade sobre Jesus como nosso mediador, intercessor diário e nosso advogado. Quer esconder que só Deus, por meio de Cristo pode perdoar pecados. Fazendo assim ele está jogando a verdade por terra na vida daqueles que não estudam a Bíblia, daqueles que seguem doutrinas de homens e não buscam a verdade. Deus quer fazer um milagre na sua vida. O san­gue de Jesus tem poder para libertar você.

O inimigo fez tudo para derrotar Jesus, porém não conseguiu. Em todas as tentações, Jesus foi mais que vencedor. Quando Cristo era uma criança, o plano era matá-Lo. Após o seu batismo, o inimigo não de­sejava mais a morte de Jesus, e sim que Ele caísse em pecado. Depois, usou o apóstolo Pedro para desanimá-Lo. Quando o Diabo viu que não con­seguia nada, então resolveu massacrá-Lo até a morte, mas isso de nada adiantou para os planos de Satanás, porque... Jesus venceu o inimigo! Hoje, a estratégia de Satanás é tentar tirar Jesus da vida das pessoas, impedindo que elas aceitem Jesus como o único mediador e o único que pode interce­der por elas diante de Deus como seu advogado.

Jesus é a Verdade (Jo.14:6). Como Satanás jogou esta verdade por terra? Jesus é nosso ÚNICO Mediador, Advogado e Salvador (1Tm.2:5). O inimigo sempre perseguiu nosso Senhor Jesus. Mesmo lá no céu a ira do adversário era sempre contra Jesus (Ap.12:7). O grande conflito entre Cristo e Satanás come­çou antes mesmo da criação. O Diabo queria tomar o lugar de nosso Senhor Jesus e dominar tudo para sempre.

A Ira Contra Jesus:
No Céu: Rebelou-se e iniciou o conflito Ap.12:7-12.
No Éden: Torceu a palavra Gn.3:1-5.
No nascimento de Jesus: Usou Herodes para matar o bebê Jesus Mt.2:1-16.
Após o Batismo de Jesus: Apareceu em forma de anjo e tentou a Jesus Mt.4:1-11.

A Ousadia do Inimigo:
O Diabo propôs um pacto a Jesus: “Se você me adorar te dou todos os reinos do mundo e a glória deles” Mt.4:8-11. O Demônio quis ser adorado por Jesus. Satanás usou o apóstolo Pedro e Jesus disse: “Para trás de mim Satanás” Mt.16:21-23. Se o inimigo usou Pedro, Judas Iscariotes e tentou um acordo com Jesus, do que ele não será capaz de fazer ao ser humano hoje? É preciso muita comunhão com Deus e o poder do Espírito Santo para não cair nas suas armadilhas. Veja que Satanás não conseguiu derrotar Jesus, e por isso resolveu massacrá-Lo, judiando dEle de forma muito cruel. Quanto mais isto acontecia, mais perfeito ficava o Plano da Salvação. A morte de Jesus foi a maior vitória contra o inimigo e, na cruz, o Diabo foi definitivamente derrotado e não ficou nenhuma dúvida em todo o universo; Jesus venceu e nos comprou, pagando o resgate. Hoje nós somos de Jesus Cristo, Aleluia!
O Diabo está irado contra aqueles que amam e seguem a Jesus. Por isso, estabeleceu, por meio da igreja romana, alguns dogmas que agridem a verdade sobre Jesus Cristo.

Os Santos Mediadores
A igreja romana diz que os santos podem interceder pelo homem. Isto não é bíblico. Existe um santo para cada problema: o santo casamenteiro, o santo dos endividados, tem o santo das causas impossíveis... Tem um santo para cada dia do ano e como tem mais santos do que dias no ano, aqueles que sobraram foram encaixados no dia de todos os santos. Dizem ainda que a virgem Maria é advogada nossa. (Citado na reza Salve Rainha). Quando falamos em Maria, algumas pessoas pensam que somos contra ela. Mas se tem alguém que prega sobre a virgem Maria de maneira correta, este alguém é a Igreja Adventista do Sétimo Dia. Agora não podem dizer que ela é intercessora ou advogada porque não é. A Bíblia não fala sobre isto em nenhum lugar.
Quando a igreja romana prega estas coisas, ela joga por terra a grande verdade sobre Jesus Cristo, confunde tudo e contribui para a perdição das pessoas.

Saiba que existe somente um advogado, assentado à direita de Deus: JESUS. Somente Ele pode interceder por você.
7.6 Quando o Espírito Santo desce sobre uma pes­soa, ela não fica pulando, gritando, e muito menos dançando. Quando o Espírito Santo desce a pessoa é levada ao arrependimento, é levada a orar e pedir misericórdia a Deus, é levada a estudar a Bíblia, orar, testemunhar, evangelizar... Mas ao contrário disso, o Diabo confunde a cabeça das pessoas para elas misturarem a verdade com o erro; elas rejei­tam os Dez Mandamentos e ainda acham que rece­ber o Espírito Santo é fazer essas coisas que fazem por aí. (Gritar, dançar, pular, falar em línguas estranhas...) Amigo, em nome de Jesus, o Espírito de Deus está falando a você... “Hoje, se ouvires a Sua voz, não en­dureçais o vosso coração...” (Hb.3:7-8). O Espírito Santo, Espírito da Verdade, o guiará a toda a verdade. Ore a Deus e peça que Ele ilumi­ne seu coração para você ser uma pessoa diferente. Saiba que nunca mais você será enganado.

O Espírito Santo revela-se de várias manei­ras, em diferentes lugares, com diferentes pessoas e com diferentes resultados. Veja os exemplos:
Bezalel Ex.31:2-5.
Balaão Nm.23:5-24; Nm.24:1-25.
Gideão Jz.6:34; Jz.7:22.
Sansão Jz.15:14.
Saul 1Sm.10:6.
Simeão Lc.2:25-32.
Pedro At.4:8-12.
Estevão At.7:55-56.
Saulo At.13:9-12.

Quando o Espírito Santo trabalha no ser humano Ele não pergunta a maneira como vai operar. Muitas vezes Ele age de maneira inesperada. O perigo a que as pessoas estão sujeitas hoje é que homens, guiados por Satanás, apresentando-se como líderes religiosos, assinalem a maneira precisa como o Espírito Santo deve vir... Não estão dispostos a trocar a sua justiça própria, que é injustiça, pela justiça de Cristo, que é a verdade pura, não adulte­rada por preceitos de homens. O Espírito não opera segundo a idéia dos homens e nem se manifesta na vida de pessoas que estão em aberta desarmonia com os mandamentos de Deus.

Vivemos numa época em que todos estão bus­cando cegamente o Espírito Santo; talvez bus­cando uma emoção ou uma experiência excitan­te que não reflete a verdade da Bíblia. Este suposto “batismo do Espírito Santo” é mais uma tentativa Satânica de misturar o certo com o errado para jogar a verdade do Espírito Santo por terra.

O Espírito Santo é a Verdade. Como definir o Espírito Santo? O Espírito Santo é uma pessoa que fala, anda, ensina e convence (Hb.3:7-8). A obra do Espírito Santo de acordo com (Jo.16:8) é que o Espírito Santo nos convencerá de três coisas: do pecado, e da justiça e do juízo.

Se o Espírito Santo nos convence do pecado, precisamos saber primeiro o que é pecado? 1Jo.3:4. É impossível alguém afirmar que tenha o Espírito Santo se está em contínua desobediência à Santa Lei de Deus, os Dez Mandamentos; e principalmente se continua transgredindo o quarto mandamento que ensina a guardar o Sábado.

1Co.14:33. A Igreja precisa proporcionar um ambiente ideal para que o Espírito Santo possa trabalhar e isto ocorre quando as pessoas abrem a Bíblia... aí sim, o Espírito Santo fará uma grande obra. Festas, danças, quermesses, shows e músicas com os ritmos mundanos não são meios corretos para se buscar o Espírito Santo.

Quando as igrejas começam a dar ordens ao Espírito Santo, e atribuem suas danças ao mover do Espírito, quando deixam o estudo da Palavra de Deus para se dedicarem a eventos festivos, e passam a ouvir revelações de supostos homens representantes de Deus, estão jogando a verdade sobre o Espírito Santo por terra. Leia Mt.15:8-9 e atente para as partes sublinhadas: “Este povo honra-Me com os lá­bios, mas seu coração está longe de mim. E em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens”.

Línguas Estranhas
O Batismo do Espírito Santo não é o dom de línguas estranhas. Em Atos 2 quando os dis­cípulos foram cheios do Espírito eles falaram línguas estrangeiras (At.2:8-11) e não em línguas estranhas. Veja o conselho do Após­tolo Paulo sobre o assunto de falar em línguas estrangeiras na igreja:
Apenas uma pessoa deve falar de cada vez. 1Co.14:27.
Sempre tem que ter um intérprete. 1Co.14:28.
No máximo duas ou três pessoas devem falar durante um culto. 1Co.14:27.
Quem fala sabe o que está falando. 1Co.14:32.
Deus não está no meio do barulho e da con­fusão. 1Co.14:33. É desnecessário falar uma língua que não entendemos e que os outros também não entenderão.
8.7 A mensagem da Bíblia foi escrita para você. Saiba que ela é a fonte do nosso conhecimento sobre Deus, sobre Jesus, sobre o Espírito Santo e sobre a salvação do pecado. Ela tem poder para transformar vidas e por meio do estudo diário do santo livro você encontrará paz, esperança e as promessas de Deus para sua vida. Sempre deve ser estudada com oração. A mensagem da Bíblia é atual e deve ser aplicada à sua vida. Você não deve apenas ler a Bíblia, mas sim estudar a Palavra de Deus diariamente para descobrir as verdades espirituais que Deus tem para a sua vida. A Bíblia pode mudar o seu coração e pode ajudá-lo a vencer as tentações diárias. Neste mundo de maldade e engano, ela é a nossa segurança.

As Escrituras do Antigo e Novo Testamentos foram dadas pela inspiração de Deus, elas contêm toda a revelação da vontade de Deus para todos os seres humanos. As Escrituras são a Única Regra de Fé e Prática para os Cristãos. A Bíblia é a verdade porque procedeu diretamente de Deus, a fonte da verdade eterna. Através dos séculos a providência divina tem preservado a pureza da verdade bíblica. Somente na Bíblia contemplamos o poder que lançou os fundamentos da terra, o amor que nos redimiu do pecado, a verdade que nos indica a salvação e a esperança que garante o nosso futuro.

A Bíblia é a Verdade (Jo.17:17). A Palavra de Deus nos santifica e nos ilumina. “Lâmpada para os meus pés é a tua palavra e, luz para os meus caminhos” (Sl.119:105). A função mais importante da Bíblia é no mostrar o Senhor Jesus e a salvação.

A igreja romana acrescentou sete livros à Bíblia, estes são os livros apócrifos. A palavra “apócrifo” é grega, e significa “escondido” ou “secreto”, e foi dada a esses livros porque os seus autores são desconhecidos. A data de seus escritos também é matéria duvidosa, embora seja geralmente colocada entre os anos de 200 e 100 A.C. Sete livros são considerados apócrifos: Tobias, Judite, I e II Macabeus, Sabedoria, Eclesiástico e Baruque. Eles aparecem em exemplares mais antigos da Septuaginta, (versão antiga da Bíblia, preparada pelos judeus da Alexandria por volta do ano 280 A.C. - tradução do Hebraico direto para o Grego) mas não existiam nos originais dela, só foram acrescentados entre os anos 300 e 400 D.C. “Embora haja no Novo Testamento cerca de 263 citações diretas do Velho Testamento e 370 passagens com alusão a Ele, não há uma só referência, de Cristo ou dos apóstolos, aos escritos apócrifos.” - Adelaide Bee Evans, The Bible Year, pág. 120. (Citado no livro Princípios de Vida, pág. 19).

O inimigo tentou derrubar a verdade da Bíblia por terra acrescentando a ela livros não inspirados. Nesses livros ele inseriu vários ensinamentos contrários aos princípios da Bíblia e à vontade de Deus. Veja abaixo porque os livros apócrifos são rejeitados pela maioria dos cristãos:
Eles não estão no cânon hebreu;
Jesus e os apóstolos nunca fizeram qualquer citação deles;
Os historiadores Josefo e Jerônimo, que traduziu a Vulgata, não reconheceram os apócrifos;
Eles apresentam erros históricos, inexatidões, e histórias e discursos de ficção.

Os autores apócrifos não reclamam inspiração e confessam a falta do dom profético. I Macabeus 4:46; 9:27; 14:41.
Ensinam doutrinas contrárias a Bíblia, como:
Purgatório e Reencarnação - Sabedoria 8: 19,20;
Oração pelos Mortos - II Macabeus 12:43 a 46.

Sobre tais coisas a Bíblia adverte em Is.8:20; e Gl.1:8.
9.4 Você sabe qual é o número do artigo do código civil que diz para não roubar? Alguma vez você já passou em frente de um banco e teve que se controlar para não assaltá-lo? Porque você não rouba, mesmo sem saber qual é o artigo do código civil que diz para não roubar?

A vontade de Deus em relação ao ser humano e sua conduta moral diante de Deus e dos homens, está revelada na lei do Dez Mandamentos. Os princípios da lei são eternos, imutáveis e todos os seres humanos estão sujeitos a eles. Deus deu ao homem uma completa regra de vida. Ao obedecer a santa lei de Deus, o homem viverá por ela, graças aos méritos de Cristo. Ao transgredir a lei, o homem será condenado por ela. A lei sempre encaminha as pessoas a Cristo, e Cristo as justifica e depois aponta-lhes de volta para a lei como padrão de vida e regra de fé.

Deus revelou antecipadamente que Satanás, por meio de homens, jogaria a verdade por terra (Dn.8:12) e mudaria os tempos e a lei (Dn.7:25). Isto ocorreu exatamente como foi profetizado por Daniel. O Sl.19:7-9 apresenta algumas características da lei de Deus: é perfeita, restaura a alma, é um testemunho fiel, dá sabedoria, é reta, alegra o coração, é pura, ilumina os olhos, permanece para sempre, é verdade e justiça. O próprio Deus escreveu a lei (Ex.31:18).

Os Mandamentos da Lei de Deus:

Mandamentos de Deus conforme a Bíblia (Ex.20:3-17):
1º Não terás outros deuses diante de Mim.
2º Não farás para ti imagem de escultura.
3º Não tomarás o nome de Deus em vão.
4º Lembra-te do dia de sábado para o santificar.
5º Honra teu pai e tua mãe.
6º Não matarás.
7º Não adulterarás.
8º Não furtarás.
9º Não dirás falso testemunho contra teu próximo.
10º Não cobiçarás a mulher, a casa, nem coisa alguma do teu próximo.

Mandamentos Adulterados conforme o Catolicismo Romano:
1º Amar a Deus sobre todas as coisas.
2º Não tomar Seu santo nome em vão.
3º Guardar domingos e festas.
4º Honrar pai e mãe.
5º Não matar.
6º Não pecar contra a castidade.
7º Não furtar.
8º Não levantar falso testemunho.
9º Não desejar a mulher do próximo.
10º Não cobiçar as coisas alheias.

Mandamentos no Novo Testamento, “Não violarei a minha aliança” Sl.89:34:
Mt.4:10.
1Jo.5:21; At.17:29.
1Tm.6:1.
Mt.24:20; Mc.2:27-28; Hb.4:4; Hb.4:9-10;Cl.1:16.
Mt.19:19.
Rm.13:9.
Mt.19:18.
Rm.13:9.
Mc.10:19.
10º Rm.7:7.

Jesus e os Mandamentos:

Mt.5:17-19
Jesus não veio revogar a lei.
Nem um “i” ou “til” jamais passará da lei.
Quem viola a lei será humilhado.
Quem observa será honrado.
Cumprir significa observar, obedecer.
(Mt.3:15; Rm.13:8-10; Gl.6:2)

Jo.15:10
Jesus obedece os mandamentos.
Quem obedece, permanece no Seu amor.

Mt.19:16-19
Jesus recomendou a obediência aos mandamentos.
Mencionou que isto é uma questão de salvação.
Deixou claro que era a lei dos dez mandamentos.

Jo.14:15
Obediência é uma questão de amor.

O inimigo usou a igreja romana para jogar toda a verdade por terra. Hoje em dia praticamente todas as religiões cristãs, tanto católicos, como evangélicos, protestantes e pentecostais em geral, todos obedecem a lei adulterada pelo homem. A Palavra de Deus nos lembra: “Eis que, hoje, eu ponho diante de vós a benção e a maldição: a benção, quando cumprirdes os mandamentos do SENHOR, vosso Deus, que hoje vos ordeno; a maldição, se não cumprirdes os mandamentos do SENHOR, vosso Deus, mas desviardes do caminho que hoje vos ordeno, para seguirdes outros deuses que não conhecestes” Dt.11:26-28. Não deixe a verdade cair por terra.
10.1 Você faz parte da igreja verdadeira ou da igreja falsa? Está no caminho certo ou errado? Muitos dizem que todos os caminhos levam a Deus e que todas as igrejas são verdadeiras, mas não é isto que Jesus diz. Ele diz: “Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus” Mt.7:21-23.

Jesus disse que nos últimos dias surgiriam falsos profetas. Quem são os falsos profetas? Mt.15:7-9 e Mt.15:13-14. Cuidado com eles! Fp.3:2; Is.56:11; Ap.22:15. Qualquer um, de qualquer religião, dirá que sua igreja é verdadeira, mas não é isto que a Bíblia ensina. Ela revela qual é a igreja verdadeira em Ap.12:17. A igreja verdadeira tem as seguintes características...
1. Guarda os Mandamentos de Deus Ex.20:3-17.
2. Tem o Testemunho de Jesus Ap.19:10.
“Aquele que diz: Eu o conheço e não guarda os seus mandamentos é mentiroso, e nele não está a verda­de.” 1Jo.2:4.

Examine as palavras de Jesus em Jo.10:14-16:
Tenho outras ovelhas = Outros filhos
Não deste aprisco = Não desta igreja.
Então haverá um rebanho = Uma só igreja.
E um só pastor = Jesus Cristo.
Hoje os filhos de Deus estão espalhados nas mais variadas denominações. Esta, porém, nunca foi à vontade de Deus. Qual pai ficaria feliz vendo seus filhos espalhados? “Deus tem filhos em todas as de­nominações. Porém, nem todas as denominações são igrejas de Deus”.

Apenas a Igreja Adventista do 7º Dia aceita as seguintes verdades:
1ª Verdade = Deus (Je.10:10)
2ª Verdade = Jesus (Jo.14:6)
3ª Verdade = Espírito Santo (1Jo.5:6-7)
4ª Verdade = Bíblia (Jo.17:17)
5ª Verdade = A Lei de Deus (Sl.119:151)
Leia Ap.18:4 e decida-se pela verdade.

Satanás lançou a verdade por terra e pros­perou temporariamente, mas Deus criou um plano especial para restaurar a verdade. Deus restaurou a verdade por meio da Sua igreja aqui na terra. Neste estudo você descobrirá qual é a igreja verdadeira e como Deus revela na Bíblia qual é o caminho da verdade. O Senhor nos ama e quer restaurar a verdade em nossa vida tam­bém; por este motivo seu coração deve estar aberto para atender às orientações da Pala­vra de Deus. O inimigo coloca diante do mun­do várias religiões para confundir as pessoas e impedí-las de encontrar a salvação.

A estratégia de Satanás – muitas igrejas falsas: “A mulher prostituta e suas filhas” Ap.17:1.
O plano de Deus – uma igreja verdadeira: “A mulher virtuosa” Ap.12:1.
Com o objetivo de restaurar a verdade, Deus estabeleceu uma igreja que deveria cumprir a missão descrita em Is.58:12. Esta igreja é descrita em Ap.12:1 sob o símbolo de uma mulher.

Ap.12:1 apresenta a mulher pura com os seguintes símbolos proféticos:

Uma mulher:
Mulher = Igreja Ef.5:23; Ef.5:32.
Mulher Pura = Igreja fiel a Cristo.

Vestida de Sol:
Sol = Jesus no Novo Testamento Ap.1:16;Ml.4:2;Mt.17:2.

Lua debaixo dos pés:
Lua = Representa o Velho Testamento Sl.89:34;Sl.89:37;Jo.5:39.

Uma Coroa:
Coroa = Realeza, Vitória Ap.2:10;Ap.3:11;1Co.9:25;Tg.1:12.

Ap.12:17 apresenta o inimigo irado contra a igreja pura por meio dos seguintes símbolos proféticos:
Dragão irado contra a mulher = Satanás irado contra a igreja verdadeira.
Foi Pelejar = Foi perseguir. Período da idade média em que a igreja romana perseguiu os cristãos fiéis, de 538 a 1798, num intervalo de 1260 anos.
Os Restantes = Remanescentes – fiéis dos últimos dias.
Mandamentos = Lei de Deus.
Testemunho de Jesus = O Espírito de Profecia Ap.19:10.
11.6 Por que o sábado é um sinal que será colocado na fronte? Porque fronte é símbolo de entendimento e Deus quer que você o aceite pela razão. Por isso é necessário estudar a Bíblia de uma forma sincera e honesta. Agora você entende porque o inimigo foi mexer justamente neste mandamento? Este é o úni­co que prova que Deus é o Criador. Se tirarmos este mandamento como muitos fazem, não temos como provar que Deus é Criador.

Qual é o teu Deus? Guardar o sábado não é ape­nas deixar de trabalhar, mas também declarar qual é o Deus que você serve. Para que o Criador seja o teu Deus é necessário que você guarde o sábado. Agora, se você não aceita o sábado como Dia do Senhor, você coloca dúvida sobre quem é o seu Deus, principal­mente sabendo que quem mudou o sábado para o domingo foi o sistema papal sob a direção de Satanás. A Bíblia diz: “Eis que, hoje, eu ponho diante de vós a benção e a maldição...” Dt.11:26-28.
Benção - Obedecer aos mandamentos de Deus.
Maldição - Rejeitar os mandamentos de Deus.

O selo é definido como um instrumento de selar, usado por estados e corporações com o objetivo de garantir a autenticidade. Um selo também é definido como anel de selar, marca, sinal e estampa. Selar é colocar em alguém uma marca indican­do que é genuína ou aprovada; podendo indicar também algo distinto, atestado, confirmado ou estabelecido. Os que amam a Deus e obedecem a Sua vontade são selados e fazem as obras do Senhor. Para ser selado é preciso colocar o amor a Deus em primeiro lugar e aceitar qual é a von­tade de Deus para a sua vida. O estudo de hoje vai identificar o selo de Deus e vai mostrar como é importante obedecer e seguir a vontade Divina.

O que é o Selo de Deus? É o sinal da cruz? É o batismo? São as línguas estra­nhas? É ser crente? NÃO, NÃO É NADA DISSO! Então como saber qual é o selo de Deus e onde se ele encontra? Diz o profeta: “Sela a Lei...” Is.8:16. Isto quer dizer que o selo de Deus está na Sua santa Lei, ou seja, nos Dez Mandamentos.

Definição de um Selo
Antes de identificarmos o selo de Deus nos mandamentos, precisamos definir as características de um selo:
Nome - Identifica a quem pertence.
Cargo - Qual é a autoridade.
Domínio - Território de domínio.

O Selo de Deus
”Lembra-te do dia de sábado, para o santificar. Seis dias trabalharás e farás toda a tua obra. Mas o sétimo dia é o sábado do SENHOR, teu Deus; não farás nenhum trabalho, nem tu, nem o teu filho, nem a tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o forasteiro das tuas portas para dentro; porque, em seis dias, fez o SENHOR os céus e a terra, o mar e tudo que neles há e, ao sétimo dia, descansou; por isso, o SENHOR abençoou o dia de sábado e o santificou” Ex.20:8-11.
Nome: O quarto mandamento é o único que mostra Deus como sendo único.
Cargo: O quarto mandamento é o único que mostra também que Ele é o Criador.
Domínio: O quarto mandamento é o único que diz que Ele domina céus, terra e mar e tudo o que neles há.

A Prova
O sábado é um sinal, ou seja, um selo, e, se preferir, uma marca entre Deus e seu povo. Portanto o selo de Deus é o sábado. A prova disto é dada pelo próprio Deus: “Santificai os Meus sábados, pois servirão de sinal entre Mim e vós, para que saibas que Eu Sou o Senhor, vosso Deus” Ez.20:20; Ex.31:13-18.

Quem Guardou o Sábado:
1. Adão e Eva Gn.2:3.
2. Deus Gn.2:1-3.
3. Povo de Deus Ex.16:4-5; Ex.16:22-30.
4. Estrangeiros em Israel Is.56:6.
5. Profetas Ez.20:20.
6. Jesus Lc.4:16.
7. Virgem Maria Lc.23:54-56.
8. Apóstolos At.13:13-14; At.17:2; At.18:4.
9. Os Salvos no Céu Is.66:22-23.

Como Guardar o Sábado:
Observar de pôr-do-sol a pôr-do-sol Lv.23:32.
Preparar-se para receber o sábado. O dia anterior ao sábado é o dia da preparação Lc.23:54.
Não trabalhar ou realizar atividades seculares no sábado – esportes, viagens, jogos, ouvir rádio, músicas seculares, assistir TV, etc... Ex.20:8-11; Is.58:13-14.
12.4 Em Mt.27:50-51 encontramos relatado que o véu do templo, que separava o santo do san­tíssimo, rasgou-se de alto abaixo quando Cristo morreu na cruz. Esse foi um sinal de que todo o ritual do santuário terrestre e depois o templo, havia encontrado seu cumprimento e chegado ao seu final. Não há mais razão para sacrifícios de animais como oferta pelo pecado. Jesus abriu a porta da salvação para todos os pe­cadores, Ele derrubou a barreira entre Deus e o homem, causada pelo pecado. Em Ap.3:20 Jesus diz: “Se alguém ouvir a minha voz...” Muitos estão tão longe de Deus que não conseguem ouvir a Sua voz. Saiba que a capacidade de Deus em perdoar é muito maior que a nossa capacidade de pecar.

Os símbolos e rituais do santuário terrestre apontavam para Cristo e sua morte na cruz. Hoje, está em vigor o santuário celestial; quando Cristo subiu ao céu, após a Sua ressur­reição. Conforme o cumprimento da profecia de Dn.8:14, sobre a purificação do santuário no céu, em 1844, Cristo passou a atuar no lugar santíssimo, como nosso Sumo Sacerdote, dando início a primeira fase do juízo final; ou seja, o grande dia da expiação no santuário do céu. A qualquer momento Cristo vai terminar Sua obra intercessória e não haverá mais intercessão, graça e perdão. Portanto, agora é o momento de aceitar a salvação de Cristo, Nosso Sumo Sacer­dote para estar prontos para ir com Ele no mo­mento da Sua volta à terra.

O verdadeiro santuário, do qual o tabernáculo terrestre era um modelo, é o templo de Deus no céu, do qual o apóstolo Paulo falou em Hebreus, a partir do capítulo 8, na Bíblia Sagrada. Jesus é o nosso Sumo Sacerdote no santuário do céu e, lá, ministra por nós. O santuário terrestre, como tipo do santuário celeste, serviu para ensinar o plano da salvação e remissão do pecado antes da morte de Cristo. Para nós hoje ele serve para ilustrar a maneira como Deus intercede por nós e como o pecado será finalmente eliminado do universo. Por este motivo o conhecimento a respeito do santuário é muito importante no contexto do grande conflito entre o mal e o bem, pois traz luz sobre o tema da salvação do pecador.

O relacionamento entre Deus e homem ocorria face a face antes do pecado (Gn.3:8). Depois do pecado o ser humano passou apenas a ouvir a voz de Deus. Seja como for, Deus sempre desejou comunicar-se com o homem, mas o pecado fez uma barreira de separação entre Deus e o homem Is.59:2. Quando Deus orientou a Moisés para construir um santuário Ele disse: “E Me farão um santuário, para que Eu possa habitar no meio deles” Ex.25:8. Vamos conhecer os símbolos da salvação e restauração do pecado representados no santuário terrestre.

O Santuário:
O santuário tinha 3 compartimentos. Conheça as peças do santuário e o que cada uma delas significa:

Pátio
Peças do Pátio:
1. Altar de sacrifício Lv.1:9.
Simbolizava Cristo Ef.5:2.
2. Pia ou Bacia Ex.30:18.
Símbolo do Espírito Santo Jo.7:37-39.
Da Palavra de Deus Ef.5:26.
Do Batismo Jo.3:5.

Lugar Santo
Peças do Lugar Santo:
1. Mesa com 12 Pães Ex.25:30.
Símbolo de Jesus, o Pão da Vida Jo.6:48.
2. Castiçal com 7 lâmpadas Ex.40:24.
Jesus a Luz do mundo Jo.8:12.
7 Igrejas do Apocalipse Ap.1:20.
3. Altar de Incenso Ex.40:26.
Oração dos Santos Ap.8:3.
7 Igrejas do Apocalipse Ap.1:20.

Lugar Santíssimo
Peça do Santíssimo:
Arca da Aliança Ex.26:33.
Símbolo do Trono de Deus.

Objetos do Santíssimo
1. Tampa da Arca: Pro­piciatório - Era de ouro maciço e simbolizava a graça de Cristo. Esta tampa estava sobre a lei; assim, ensina que nós não estamos debaixo da lei, mas debaixo da graça Rm.6:14.
2. Shekinah: Sinal visível da presença de Deus - Era uma neblina que ficava entre os dois anjos esculpidos no propiciatório para manifes­tar que Deus estava presente. Exodo Ex.25:21-22.
3. Conteúdo da Arca: Uma porção do Maná, a vara de Arão e as tábuas da Lei de Deus Hb.9:4. Era uma maneira de mostrar que a lei é a base do governo de Deus e do Seu caráter de amor e justiça. Simbolizavam o seguinte:
• A porção com o Maná: Deus proverá.
• A vara de Arão: Deus está no controle.
• As tábuas da Lei: Deus é amor e justiça.

O Dia da Expiação
Acontecia aos 10 dias do 7º mês. (Por volta do mês de outubro em nosso calendário). Era um dia de santa convocação, todos deve­riam estar arrependidos do seu pecado. Aconte­cia então, a purificação do santuário e o pecado de todos, que simbolicamente era transferido para o santuário ao longo do ano, neste dia era eliminado do arraial. Esta cerimônia simboliza­va o juízo final Lv.16:2-10; Lv.16:15-30.
13.7 Todas as pessoas vão estar, em breve, diante de Deus. Ricos e pobres, pretos e brancos, cultos e analfabetos, cantores, artistas, juízes, advogados, médicos, presidentes, políticos em geral, líderes religiosos e, não se esqueça, você também vai estar, um dia, diante de Deus para receber uma recompensa de acordo com o seu feito por meio do corpo, quer seja o bem, quer seja o mal. Deus vai julgar todas as obras. Até as que estão escondidas. Que tipo de obras você costuma esconder? As boas ou as más? A propósito, você já fez muitas coisas erradas? Pense agora em tudo de errado que você já fez, algo de errado que você já praticou e seu marido ou sua mulher nem imagina. PENSE EM TUDO ISSO E LEMBRE-SE: “Você pode esconder seus pecados dos homens, mas lembre-se que Deus registra tudo em Seus livros e Ele trará a juízo todas as obras”. Portanto, entre em intima comunhão com Deus. Converse seriamente com Ele sobre seus problemas. Não esconda nada e, quanto ao que você não se lembra, peça misericórdia e Deus te perdoará.

Todos os vivos, como os mortos, devem ser julgados segundo as suas obras. Vivemos hoje no grande Dia da Expiação do Santuário Celeste. A obra de preparação é uma obra individual. Não somos salvos em grupos. Cada um deve ser provado e achado sem mancha, defeito ou coisa semelhante. Solenes são as cenas ligadas à obra final da expiação. Na augusta presença de Deus nossa vida deve passar por exame... quando se encerrar a obra do juízo de investigação, o destino de todos terá sido decidido, ou para a vida, ou para a morte.

A Bíblia apresenta a realidade de um tempo de Juízo final:
O Senhor vem julgar a terra 1Cr.16:33;Sl.96:13;Sl.98:9.
Deus julgará o justo e o perverso Ec.3:17.
Deus trará a juízo todas as obras Ec.12:14.
Estabeleceu um dia de juízo At.17:31.
Há um juízo vindouro At.24:25.
Todos compareceremos ao tribunal Rm.14:10.
Vinda do Senhor para exercer juízo Jd.1:14-15.

As Fases do Juízo:

Investigação - Ap.14:6-7. Acontece agora. Começou em 1844 Dn.8:14. Terminará um pouco antes da volta de Jesus Ap.14:7. Agora é hora de abandonar o mundo de pecado e buscar o Deus vivo e verdadeiro. Você pode ser transformado agora. Jesus está ao seu lado e, se você quiser, Ele vai te abraçar e te fazer a pessoa mais feliz deste mundo.

Comprovação - Ap.20:4.
Esta fase acontecerá durante o período do milênio. Começará na volta de Jesus e terminará quando a Cidade Santa descer do céu. Durante esta fase haverá três surpresas:
1ª surpresa - Você estar lá.
2ª surpresa - Pessoas que você acha que não irão para o céu poderão estar lá.
3ª surpresa - Pessoas que você acha que irão para o céu não estarão lá.

Execução - Mt.25:34 e Mt.25:41.
Acontecerá após o milênio. Quando a Cidade Santa descer do céu todos os ímpios ressuscitarão, haverá uma tentativa de ataque por parte de Satanás e deles, à Cidade de Deus. Jesus vai intervir e acontecerá a cena mais emocionante da história, quando os ímpios, inclusive o Diabo, irão se ajoelhar diante de Jesus e então Ele dará a sentença final. Aos justos Ele dirá: “Vinde benditos de meu Pai.” Aos ímpios: “Apartai-vos de mim malditos de meu Pai.” O FOGO VAI CONSUMIR TODO O MAL E PURIFICAR A TERRA. CRISTO CRIARÁ UM NOVO CÉU E UMA NOVA TERRA E COMEÇARÁ A TÃO SONHADA VIDA ETERNA.
Quem éFase INVESTIGATIVAFase COMPROVATIVAFase EXECUTIVA
JuizDeus - Sl.50:6Justos - Ap.20:4Jesus - Jo.5:22.
AdvogadoJesus - 1Jo.2:1.Não Haverá Não Haverá
Acusador Satanás - Ap.12:9-10.Estará Preso - Ap.20:1-3.Satanás - Ap.20:7.
TestemunhasAnjos - Ap.5:11.Anjos - Ap.5:11. Anjos - Ap.5:11.
RéusJustos - 1Pe.4:17.Ímpios - 1Co.6:2-3.Todos - Mt.25:34; Mt.25:41.
LeiDez Mandamentos - Tg.2:10-13.Dez Mandamentos - Tg.2:10-13.Dez Mandamentos - Tg.2:10-13.
14.7 Em Hb.10:26 a Palavra de Deus nos diz assim: “Porque se vivermos deliberadamente em pecado, depois de termos recebido, o pleno conhecimento da verdade, já não resta sacri­fícios pelos pecados”. Veja a advertência feita por Jesus aos discípulos em Lc.10:20. “Não obstante, alegrai-vos, não porque os espíritos se vos submetem, e sim porque o vosso nome está arrolado nos céus”. Conforme Ap.21:27 as inscrições es­tão abertas e você pode ter o seu nome no mais importante livro de registro do universo! Neste exato momento tem um anjo ao seu lado com uma linda caneta de ouro pronto para escrever seu nome no livro da vida, você quer que ele escreva?

Há um memorial escrito diante de Deus, no qual estão registradas as boas ações dos que temem ao Senhor, e para os que se lembram do Seu nome. Suas palavras de fé, seus atos de amor, acham-se registrados no céu... No livro memorial de Deus toda ação de justiça se acha imortalizada. Ali, toda tentação resis­tida, todo mal vencido, toda palavra de terna compaixão que se proferir, acham-se fielmente historiados. E todo ato de sacrifício, todo sofri­mento e tristeza, suportado por amor de Cristo, encontra-se registrado. Há também um relatório dos pecados dos ho­mens... Os propósitos e desejos secretos aparecem no infalível registro; pois Deus trará a juízo to­das as coisas.

Dn.7:9-10. “Continuei olhando, até que foram postos uns tronos, e o Ancião de Dias se assentou; sua veste era branca como a neve, e os cabelos da cabeça, como a pura lã; o seu trono eram chamas de fogo, e suas rodas eram fogo ardente. ...assen­tou-se o tribunal, e se abriram os livros”. A Bíblia faz revelações significativas sobre o juízo, indicando que há livros que registram to­das as coisas, inclusive a sentença de salvação ou perdição. Veja quais são estes livros.

Os Livros do Juízo
A lei é a norma do juízo. Tg.1:25; Tg.2:8-12. Os livros que serão abertos no juízo são pelo menos três: o livro da vida, o livro de memó­rias e o livro da morte.

Livro da Vida
É neste livro que Deus registra o nome das pes­soas que se convertem. Ap.20:11-12; Ex.32:32; Sl.69:28; Dn.12:1; Fp.4:3; Ap.3:5; Ap.3:8; Ap.17:8; Ap.21:27; Ap.22:19.
Quando é que o nome da pessoa vai para o Livro da Vida? No ato do batismo? Quando começa a estudar a Bíblia? Quando nasce? Quando morre? Na hora da conversão?
Resposta: O nome só vai para o Livro da Vida, quando a pessoa aceita Jesus e a Sua verdade e dá seu testemunho público que aceitou a Cristo através do santo batismo. Alguém pode ter o seu nome riscado do livro de Deus? (livro da vida)
Resposta: Sim. Deus disse a Moisés: “Riscarei do meu livro todo aquele que pecar contra mim”. Que tipo de pecado é tão grave a ponto de fazer Deus riscar um nome do seu livro?
Resposta: É o pecado deliberado, ou seja, o pecado consciente e permanente. Quando a pessoa se afasta de Deus e vai para o mundo de pecados, abandonando totalmente sua comunhão com Jesus; é nesta situação que seu nome é riscado do livro da vida.

Livro Memorial
Neste livro Deus registra as boas obras Ml.3:16.
Toda tentação resistida.
Todo mal vencido.
Toda palavra de compaixão.
Todo ato de sacrifício.
Todo sofrimento suportado.
Toda lágrima derramada.
Um sorriso.
Um aperto de mão.
Um abraço.

Livro da Morte
Neste livro Deus registra as más obras cometidas pelas pessoas Je.2:22.
Toda palavra frívola.
Todo ato egoísta.
Todo dever não cumprido.
Todo pecado secreto.
Toda má palavra.
Toda ira.
As más intenções do coração.
Disse Jesus: ”De toda palavra frívola que os homens proferirem, delas darão conta no Dia do Juízo, porque pelas tuas palavras, serás justificado e pelas tuas palavras, serás condenado” Mt.12:36-37.

Deus quer purificar você com o fogo do Espírito Santo para que seu nome seja inscrito no livro da vida por meio do batismo. Seu procedimento pode levá-lo à salvação ou à perdição, de acordo com as suas obras. Hoje Cristo é seu advogado, agora Ele está intercedendo por você; no futuro Ele será o juíz e sua função será jul­gar e não mais interceder.
15.4 Decreto Dominical
Este acontecimento completa a medida de ini­qüidade e põe fim ao tempo da graça. Isto acontecerá quando o protestantismo apostatado der a mão para o poder romano e para o espiritismo. Quando, sob influência dessa tríplice união, os homens abandonarem os princípios da Palavra de Deus, será um sinal que o fim está bem próximo. Assim como a aproximação dos exércitos roma­nos foi um sinal para os discípulos da breve des­truição de Jerusalém, assim essa apostasia será um sinal de que a porta da graça estará se fechando.

A porta da graça foi aberta quando Deus de­cidiu que salvaria o ser humano caso o homem pecasse. Isto foi decidido antes da fundação do mundo. Ap.13:8; Ef.1:4-5. Quando Adão e Eva pecaram, Deus tornou esta graça salvadora conhecida por meio da promessa de um redentor que pagaria pelos pecados de toda a humanidade. Gn.3:15. Desde então, a salvação é oferecida a todos os homens. Hoje diante de você está uma porta aber­ta; é a porta da graça de Cristo. É o caminho que pode levar você para a vida eterna. A porta da graça se fechará, e aí não haverá mais chance de salvação. Hoje você tem a escolha; vida ou morte. Qual será sua decisão? O quê você vai aceitar? Amanhã, pode ser muito tarde...

Quando a obra de investigação se encerrar, exa­minados e decididos os casos dos que em todos os séculos professaram ser seguidores de Cristo, então, e somente então... se encerrará o tempo de graça, fechando-se a porta da misericórdia. O destino de todos estará decidido, ou para a vida ou para a morte. O tempo de graça ter­minará um pouco antes do aparecimento do Senhor Jesus nas nuvens dos céus. Não temos tempo a perder, não sabemos quão rápido o nosso tempo de graça vai encerrar e não sabemos quando vamos morrer e aí também esta­rá encerrada a nossa oportunidade de salvação.

Éden. Adão Gn.3:15.
A graça salvadora foi oferecida depois que o ser humano caiu em pecado. Quando tudo parecia perdido Deus abriu as portas da graça oferecendo um plano de salvação para o ho­mem caído.

Dilúvio. Noé Gn.6:8-22; Hb.11:7.
O mal avançou e o pecado chegou a um ponto insuportável. Deus chamou Noé e por meio dele abriu a porta de graça e salvação para o mundo de então, mas esta porta se fechou depois de 120 anos de graça.

Messias. Jesus Mt.4:17-20.
Jesus veio e ofereceu de graça a salvação. Ele, ao morrer na cruz, abriu as portas da salvação para todo aquele que crê (Jo.3:16) e aceita segui-lo como discípulo fiel.

Tempo de Graça. Hoje Ef.2:8; Ap.3:8; Ap.7:10.
Hoje as portas da salvação, a oportunidade de aceitar a Cristo, a oportunidade de ter o perdão dos pecados, estão abertas para você. O tempo de tomar uma decisão ao lado de Jesus é hoje Hb.3:12-13. Muitos estão adiando sua entrega a Cristo imaginando que isto pode ser feito a qualquer tempo, mas o Espírito Santo diz que você tem que se decidir agora Hb.3:7-8.

Fim da Graça. Pouco antes da volta de Jesus Mt.25:10-13.
Chegará um momento, dentro em breve, em que a porta da graça estará fechada Gn.6:3. Isto ocorrerá no final do juízo investigativo Ap.8:5. Jesus sai do santuário. Termina a intercessão Ap.8:5. Há comoção no céu. Quem é justo, continuará justo; quem é ímpio, continuará ímpio Ap.22:11. Quem não se decidiu estará perdido Je.8:20. Muitos procurarão a Palavra de Deus e não a acharão Am.8:11. Haverá um tempo de angústia como nunca houve Dn.12:1. Os justos serão perseguidos, mas Deus enviará os anjos para protegê-los.
São derramadas as sete últimas pragas Ap.15:1.
1ª. Úlceras malignas. Ap.16:1-2.
2ª. O mar torna-se em sangue. Ap.16:3.
3ª. Rios e fontes ficam em sangue. Ap.16:4-7.
4ª. O sol esquenta e queima os homens. Ap.16:8-9.
5ª. O trono da besta torna-se em trevas. Ap.16:10-11.
6ª. União dos três espíritos imundos. Ap.16:12-16. (Dragão - Espiritismo, Besta - Catolicismo, Falso Profeta - Protestantismo Apostatado. União deles = Ecumenismo).
7ª. Sobre o ar - Chuva de pedras Ap.16:21.

Volta de Jesus. Vitória 1Ts.4:16; Ap.20:4.
Na volta de Jesus:
Justos vivos – serão transladados.
Justos mortos – ressuscitarão.
Ímpios vivos – perecerão.
Ímpios mortos – permanecem mortos.
Satanás fica preso por mil anos na terra sem ter ninguém para tentar.
Salvos no céu – juízo comprovativo.

Cidade Santa Desce. Juízo Final Ap.21:2; Ap.20:9.
Ressureição dos ímpios. Satanás faz sua última tentativa Ap.20:8-9. Desce fogo do céu e destrói os ímpios Ap.20:9. Novo céu e nova terra 2Pe.3:10-14; Ap.21:1-5.
16.4 Na Morte:
A pessoa não permanece Jó.14:2.
O homem é consumido Jó.14:10.
Ele volta ao pó Jó.34:15.
No mesmo dia perecem seus pensamentos Sl.146:6.
O fôlego de vida volta para Deus Ec.12:7.
Não tem conhecimento dos homens Jó.14:21.
Não tem conhecimento de Deus Sl.6:5.
Não há conhecimento de coisa nenhuma Sl.146:4; Ec.9:5.

Não nos foi revelado o dia da volta de Jesus, também não nos foi revelado o dia do fechamento da porta da graça e nem nos foi revelado o dia da nossa mor­te. Tudo isto será uma surpresa para nós. Quando recebemos uma surpresa ela pode ser agradável ou desagradável; neste caso, tudo vai depender de você estar ou não preparado para ver Jesus voltar para receber a salvação. Depois que você der o último suspiro, morto na se­pultura, tudo estará definido. Não adiantará alguém se batizar por você, não adiantará alguém rezar uma missa por você ou orar a Deus pedindo perdão por você. Ao morrer cessará a oportunidade de graça e salvação. Agora é o tempo, hoje é a oportunidade de se decidir ao lado de Deus. Não espere mais, não dei­xe para amanhã, pois o amanhã não nos pertence.

A condição do homem na morte é de incons­ciência. Todos os homens, tanto bons como maus, permanecem na sepultura desde a morte até a ressurreição. Haverá uma ressurreição tanto de justos como de injustos. A ressurreição dos justos ocorrerá por oca­sião da segunda vinda de Cristo, ao passo que a dos ímpios dar-se-á mil anos mais tarde, no final do milênio. Finalmente os ímpios, Satanás inclusive, autor do peca­do, serão pelo fogo do último dia reduzidos a um estado de inexistência, tornando-se como se nunca tivessem existido.

A morte veio aos seres humanos como uma conseqüência do pecado Rm.6:23. Em relação ao fruto proibido, Deus disse a Adão e Eva: “Certamente morrerás.” Gn.2:17. Mas Satanás disse: “É certo que não mor­rereis.” Gn.3:4. Quem estava certo? Deus ou Satanás? Veja como Adão comprovou que Deus estava certo e Satanás estava mentindo: Gn.4:8; Gn.5:5. As perguntas que ficam são: O que acontece quando a pessoa morre? Para onde ela vai? Exis­te a mortalidade da alma? Haverá uma ressurrei­ção algum dia? Vamos conhecer o segredo da morte revelado na Bíblia.

O que acontece?
A morte é o oposto da vida. Isto significa que o que acontece na morte é exatamente a situação contrária do início da vida, quando Deus criou o homem.
Vida: Pó da terra + Fôlego de vida = Alma Vivente Gn.2:7.
Morte: Alma Vivente – Fôlego de vida = Pó da terra Gn.3:19; Ec.3:20; Ec.12:7.

Veja a seguinte comparação:
Lâmpada + Energia Elétrica = Luz
A luz é o resultado da lâmpada em contato com a energia elétrica. Quando cessa a energia, a luz simplesmente deixa de existir. O mesmo ocorre na morte: quando cessa o fôlego de vida, a alma vivente simplesmente deixa de existir.

Para onde vai?
Satanás, lá no Éden, plantou a idéia de que o homem não morreria. Hoje ele diz, por meio dos seus instrumentos, que o homem tem uma alma imortal. Ele faz isso através de várias religiões e de pessoas sem religião também. Algumas idéias dele:
Depois da morte o bom vai para o céu.
O mal vai para o inferno.
O que é mais ou menos vai para o purgatório.
Há a idéia da reencarnação. A “alma” assume outro corpo depois da morte, pode ser pessoa, animal ou vegetal.
A pessoa fica flutuando em outra dimensão.
Nada disso é verdade. Em parte alguma a Palavra de Deus revela alguma destas idéias. A Bíblia diz que “...o homem passou a ser alma vivente” Gn.2:7. Veja: SER alma vivente e não TER; portanto o homem não tem uma alma, ele é alma vivente. Por isso, quando ele morre, a alma deixa de existir e não pode ir para lugar algum.

Imortalidade?
Nenhum homem é imortal. A imortalidade é um atributo somente de Deus.
Só Deus é imortal 1Tm.1:17; 1Tm.6:15-16.
Em Deus há vida eterna Jo.17:3; 1Jo.5:11.
O homem é mortal Ez.18:4.
Deus vai dar vida eterna 2Tm.1:10; Jo.5:12; Jo.5:40; Jo.10:10.

Haverá ressurreição?
A Bíblia menciona que haverá duas ressurreições, a primeira é chamada de ressurreição da vida e a segunda é chamada de ressurreição da condenação Jo.5:28-29.
Primeira ressurreição:
Volta de Jesus 1Ts.4:16.
Justos mortos ressurgem sob o comando da voz de Jesus 1Ts.4:16; Ap.20:4.
Justos vão com Cristo para o céu por mil anos Ap.20:4.
Segunda ressurreição:
Ímpios estão mortos durante o milênio Ap.20:5.
Revivem quando terminam os mil anos, para receberem a condenação eterna juntamente com Satanás e seus anjos Ap.20:8.
17.6 A Bíblia nos ensina que temos pouco tempo, mas vivemos como se tivéssemos todo o tempo do mundo. Queremos a liberdade em Cristo, mas nos amarramos nas tradições e costumes do mundo. Aceitamos a verdade de Deus, mas tememos tomar uma decisão ao lado de Cristo. Por que esperar mais? Deus está chamando-o para tomar uma decisão ao Seu lado, Ele está chamando-o para começar uma nova vida de liberdade com Ele. Jesus diz: “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei...” Ap.3:20. Abrir a porta do coração para Jesus significa entregar a vida a Ele. Esta entrega é simbolizada pelo batismo e pelo novo estilo de vida de acordo com a vontade de Deus.

Quando o apóstolo Paulo foi preso e teve que comparecer diante das autoridades de seu tempo, ele apresentou-se diante de Félix, que ficou convicto da fé de Paulo a ponto de tremer At.24:24-25. Em vez de decidir-se por Cristo, ele vacilou e adiou para o futuro. O Rei Agripa também ouviu a pregação de Paulo e sentiu, inclusive, a convicção do Espírito Santo. Ele quase se tornou um Cristão, mas não tomou uma decisão pela verdade At.26:27-28. Hoje, muitas pessoas ouvem a verdade e ficam convencidas dela, mas, por motivo de indecisão, estarão para sempre perdidas porque quase se decidem. Quase salvo quer dizer totalmente perdido.

“Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até a consumação do século.” Mt.28:19-20.

A ordem de Cristo:
Mt.28:19-20 revela a ordem de Cristo aos seus seguidores em todos os tempos, Ele ordenou:
Ide a todo o mundo.
Fazei discípulos.
Batizando em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado.“Há um só Senhor, uma só fé, um só batismo.” Ef.4:5. Isto significa que a pessoa só se batiza uma vez? Sim, um só batismo, mas o que a Bíblia diz é que existe um só batismo verdadeiro. Será que o seu batismo foi verdadeiro? Confira:
Mt.3:13-16 Jesus foi batizado na água, Ele “entrou” e “saiu” da água. A palavra Batismo é de origem grega “baptizo” que significa “imergir ou mergulhar.” O batismo por “aspersão” não é bíblico.
At.2:38 “Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo”. Veja que o objetivo do batismo é para a remissão dos pecados. Mas o que é pecado? 1Jo.3:4 diz: “Todo aquele que prática o pecado também transgride a lei, porque pecado é a transgressão da lei.” Se pecado é transgressão da lei e onde você se batizou, toda a lei dos dez mandamentos não é observada, então este batismo não é um batismo válido.
Mc.16:16 O batismo verdadeiro leva a salvação a todo aquele que crê na verdade da Palavra de Deus.
Cl.2:12; Rm.6:3-6 O batismo verdadeiro significa morte para o mundo, isto é, morte para o pecado e ressurreição para uma nova vida em Cristo.

Porque não tomar a decisão de começar uma nova vida? “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram, eis que tudo se fez novo.” 2Co.5:17. Hoje você pode ter um novo começo com Jesus. Pelo batismo sua velha vida é esquecida, é a morte da velha vida. “Ou, porventura ignorais que todos os que fomos batizados em Cristo Jesus, fomos batizados na Sua morte? Fomos, pois, sepultados com ele na morte pelo batismo; para que, como foi Cristo ressuscitado dentre os mortos para a glória do Pai, assim também andemos nós em novidade de vida.

Razões para o Batismo:
Para ter o nome escrito no livro da vida Ap.20:15; Mt.18:18.
Para ter o perdão dos pecados At.2:38; Mq.7:19.
Para ter um novo nascimento Jo.3:3-5; Rm.6:2-3.
Para ser salvo Mc.16:16.
Para ser um filho amado de Deus Mt.3:16-17.
18.8 “E ouvi a toda criatura que está no Céu, e na Terra, e debaixo da terra, e que está no mar, e a todas as coisas que neles há , dizer: Ao que está assentado sobre o trono, e ao Cordeiro, sejam dadas ações de graças, e honra, e glória, e poder para todo o sempre.” Ap.5:13. O grande conflito terminou. Pecado e pecadores não mais existem. O Universo inteiro está purificado. Uma única palpitação de harmonioso júbilo vibra por toda a vasta criação. DAquele que tudo criou emanam vida, luz e alegria por todos os domínios do espaço infinito. Desde o minúsculo átomo até ao maior dos mundos, todas as coisas, animadas e inanimadas, em sua serena beleza e gozo, declaram que Deus é amor. wGC.678.1.

Uma das verdades mais solenes, e não obstante mais gloriosas, reveladas nas Escrituras Sagradas, é a segunda vinda de Cristo, para completar a grande obra da redenção e terminar o grande conflito entre o mal e o bem. Será um acontecimento glorioso, a vitória final será alcançada. A doutrina da volta de Jesus é uma das mensagens principais da Bíblia. Desde o dia em que Adão e Eva saiu do jardim do éden, os filhos da fé têm esperado a vinda do prometido libertador, para quebrar o poder do destruidor e de novo levá-los ao Paraíso perdido. Será o maior momento da sua vida, quando a vitória será completa com a volta de Jesus para dar a recompensa aos seus filhos.

“Olhei, e eis uma nuvem branca, e sentado sobre a nuvem um semelhante ao Filho do Homem, tendo na cabeça, uma coroa de ouro e na mão uma foice afiada” Ap.14:14. “Outro anjo saiu do santuário, gritando em grande voz para aquele que se achava sentado sobre a nuvem: toma a tua foice e ceifa, pois chegou a hora de ceifar, visto que a seara da terra já amadureceu!” Ap.14:15. Acontecerá no céu um grande movimento, uma santa movimentação, porque chegou o momento de ir à Terra buscar os filhos de Deus. É nesta hora que o povo de Deus vai olhar para cima e ver o maior espetáculo de todos os tempos. É Jesus envolto numa nuvem de anjos. Ouve-se uma música como nunca se tocou, nem se cantou, uma música linda, emocionante, tocada pelos anjos. Vai arrepiar todas as pessoas. É melhor você se preparar, vai ser o dia da sua salvação!

Como Jesus voltará?
Em forma corpórea.
Nas nuvens dos céus.
Com todos os anjos.
Todo olho o verá.
Virá com poder e grande glória.
Não pisará na terra.

Sinais da volta de Jesus
Os discípulos perguntaram a Jesus: “Que sinais haverá da tua vinda e do fim do mundo?” Mt.24:3. Veja os sinais:
Falsos Mestres. Mt.24:4-5; Mt.24:11; Mt.24:24.
Guerras e rumores de guerra. Mt.24:6-7.
Nações iradas. Ap.11:18.
Os homens desmaiarão de terror. Lc.21:26.
Os homens falarão de paz. 1Ts.5:2-3.
Desastres na terra. (terremotos, fomes e pestes) Mt.24:7.
Aumento do crime, violência e iniquidade. Mt.24:12.
Tempos difíceis e decadência moral. 2Tm.3:1-5.
Intemperança e corrupção moral. Mt.24:37-39.
Dificuldades econômicas. Tg.5:1-5.
Corações carregados dos cuidados da vida. Lc.21:34.
O evangelho pregado a todo o mundo. Mt.24:14; Ap.14:6-7.

Para que Jesus voltará?
Para buscar os que aceitaram e ficaram do seu lado no grande conflito.
Para dar fim ao sofrimento.
Para prender Satanás.
Para estabelecer um reino eterno.

O que acontecerá?
Morte dos ímpios.
Ressurreição dos justos mortos.
Transformação dos justos vivos.
Arrebatamento dos justos.
Destruição de tudo que há na terra.
A terra ficará vazia e desolada.

Quando Jesus voltará?
1844 – Guilherme Miller interpretou a profecia erradamente e imaginou que Jesus voltaria em outubro de 1844.
1914 – A sociedade Torre de Vigia – Testemunhas de Jeová disseram que Jesus voltaria em 1914.
Nostradamus e o Padre Cícero disseram: 1000 chegará, 2000 não passará.
Jesus - “O dia e a hora ninguém sabe” e “Certamente venho sem demora”.